SCANS E ENTREVISTA DE ROBERT PARA HARPER´S BAZAAR (ARÁBIA)

por Maria Mel

imagebam.com imagebam.com imagebam.com
imagebam.com imagebam.com


imagebam.com imagebam.com imagebam.com imagebam.com imagebam.com

Esqueça a franquia de vampiros, o galã melancólico Robert Pattinson está seduzindo mulheres por novas razões.


Uma súbita mudança de planos na Bazaar HQ no Dubai e em menos de 24 horas depois, eu encontro-me a fazer o meu caminho pelo o infame corredor estampado com folha de palmeira no célebre hotel de Beverly Hills, em Los Angeles, apenas a alguns minutos para conhecer o ícone adolescente e verdadeiro actor da Lista-A, Robert Pattinson.
 
Mais conhecido por seu papel na saga Crepúsculo, uma série de filmes baseados nos romances vampíricos de Stepehenie Meyer, o ator britânico tornou-se um nome familiar – e um rouba corações – da noite para o dia, quando os filmes arrecadaram bilhões de Dirhams* na bilheteria.
Infelizmente para mim, todos os cinco filmes já iludiu minhas aventuras cinematográficas dos últimos anos, mas a histeria tablóide que cercou o elenco, não. O par de fora e dentro do grande ecrã de Robert, sua co-estrela Kristen Stewart tem servido nos meios de comunicação desde que Crepúsculo chegou aos cinemas pela primeira vez em 2008. Quando me aproximei da porta de sua suíte no hotel, encontro-me irracionalmente perguntando se eu sou ‘Team Rob’ ou ‘Team Taylor’ – o grande debate entre os fãs de Crepúsculo e uma escolha que eu não posso fazer sem qualquer condenação. Respirei fundo e entrei na sala.
Felizmente, meus defeitos vampíricos não importam muito hoje, porque eu me vou encontrar com Robert para falar sobre seu novo papel como o rosto da Dior Homme. A campanha publicitária, que estreou este mês e mostra imagens apaixonados do actor, fotografado pela artista americana Nan Goldin, em Nova York. Além disso, há um curta-metragem onde Robert interpreta um personagem de macho alfa rock’n’roll em um relacionamento bruto e auto-destrutivo com a modela francesa de espírito livre, Camille Rowe.
“É como se, quase como uma versão de fantasia que eu tenho de mim mesmo”, diz Robert cuidadosamente, quando perguntado sobre o seu mais recente personagem.“Quero dizer, Eu não sou assim todos os dias. Acho que sou um pouco aborrecido.” Ele ri, seu sotaque britânico vidrado com apenas um toque de LA.

Apesar da sua enorme fama, o ator de 27 anos está sem vigilância e relaxado, fumando um cigarro eletrônico.  Está usando um moletom cinza escuro, calça jeans soltas e um boné para trás – “é a mesma roupa que eu usava ontem”, diz ele. Está sem barbear, com um toque de barba de três dias cinzelando seu queixo e de repente entendo porque tanto barulho. É também, claro, salpicado com fragrância Dior. “Eu acho que tenho umas três diferentes fragrâncias de Dior Homme em cima”, ele ri, me alertando, no caso de eu começar a descer uma pista científica, “Eu não sou muito bom com perguntas nasais.” Na verdade, vemos que Robert está muito fora de sua zona de conforto falando fragrâncias, como eu estou falando sobre vampiros. Não é de estranhar uma vez que este é o primeiro contrato do ator desde que apareceu pela primeira vez em cena no quarto filme Harry Potter como Cedric Diggory em 2005, antes de ser movido para mega-estrelato como Edward Cullen em Crepúsculo.
“Dior é muito independente, nada extravagante em tudo”, diz ele sobre sua decisão para representar a casa de moda francesa. “Eu realmente senti que estava me beneficiando fazer parceria com eles em vez de fazer algo só por fazê-lo.” Para comercial da campanha, Robert capturou o diretor francês independente Romain Gavras para a tarefa. “Havia visto seu filme One Day Will Come e tentei entrar em contato com ele por quase um ano e ele não retornou minhas ligações … nunca!” se ri. “Então eu pensei que se eu fizesse a coisa da Dior poderia tê-lo a bordo.” Ele estava certo. E quando eu falei com o carismático Romain mais cedo naquele dia, ele foi igualmente elogioso sobre Robert.  “Você sempre tem um medo com grandes estrelas como o que eles são, loucos e incontroláveis​​, ou recolher espadas”, ele brinca, “mas desde o início, Robert era muito pé no chão.”
No filme, Robert é o protagonista, vestindo uma atitude cuidado-com-o-vento, despreocupado enquanto corre por aí. Irrompendo festas  em Nova York, dirigindo alegremente ao longo da praia e tendo cenas apaixonadas em um quarto com Camille. “Ele tem uma imagem tão forte em seus filmes anteriores, este comercial foi em dar-lhe um tipo diferente de look icônico”,  diz Romain. Robert concorda, “Ele ficava dizendo desde o início que queria que fosse realmente físico. Fiz alguns filmes, onde tudo estava imóvel”,  explica referindo-se, não só Crepúsculo, mas filmes como Água para Elefantes, onde atuou ao lado de Reese Witherspoon e, mais recentemente sua atuação no filme sci-fi por David Cronenberg, Cosmopolis. “Eu estava assistindo as cenas de Dior no monitor e pensando que eu sou mais velho agora. Sempre fui muito consciente de que eu pareço uma criança pequena e as pessoas realmente não acreditam em mim, então eu queria fazer um filme sobre a masculinidade e esta era a oportunidade perfeita. “
É a transição de menino para homem que Robert mantém se referindo enquanto ele fala, fumando o seu cigarro eletrônico, e eu me pergunto se esse sentimento não tem nada a ver com o fim da saga Crepúsculo e sua relação com a co-estrela Kristen Stewart. “Sim, é um monte de coisas acontecendo ao mesmo tempo e eu não estou preocupado demasiado com as coisas. Eu acho que isso só acontece” , diz ele. “Eu também comprei uma casa e eu estava literalmente fazendo isso e a consertar canos”,  ele ri do absurdo de estar fazendo esse trabalho.

Estou surpresa com o quão honesto é o ator, (responde a cada pergunta honestamente, como por um impulso), mesmo que a sua privacidade tenha sido atingida de raspão por paparazzi nos últimos cinco anos. A especulação agora gira em torno de quem está namorando. Ele foi recentemente ligado a atriz e neta de Elvis Presley, Riley Keough, como aconteceu com a atriz e cantora Katy Perry. “É aquela coisa … Alguém sabendo quem eles são, é o melhor”  ele responde timidamente quando perguntado o que atrai o interesse em uma mulher.  “Acho que é porque isto é como o oposto daquilo que eu sou – eu sou assim em todo o lugar”, acrescenta com seu humor modesto.

O mesmo se aplica ao estilo de uma mulher, de acordo com Robert. “Se alguém fica bem com suas roupas é porque elas são confortáveis ​​na sua própria pele – é literalmente apenas como possuí-lo.” Oh, não! Isso é tão ridículo, eu sinto que estou no Project Runway dizendo ‘próprio que’ “, brinca, com sotaque Tim Gunn.

É claro que a conclusão deste ideal despreocupado é sua parceira britânica, Kate Moss, a escolha de Robert quando era adolescente. “Estava obcecado por ela, foi um pouco ridículo. O outro cartaz que tive era de Linda Blair no Exorcista, assim eram minhas duas opções – Uma menina possuída e Kate Moss”, ela ri.

Mas, como se viu, o conhecimento de Robert para a moda estende além dos cartazes de Kate Moss e da fragância Dior Homme. “Eu quero ficar mais envolvido na indústria, eu realmente gosto”, diz ele. “Eu gosto da velocidade, você pode simplesmente se mover mais rápido. Também gosto de desenhar roupas. É estranho, é como uma coisa nova que eu comecei a fazer”, disse ele.

Enquanto eu o sondava em suas ambições de design, esperei por uma resposta típica de  um ator que virou designer de uma linha de camiseta ou de boné de baseball e estou, confesso, um pouco surpreso com a resposta real. “É muito embaraçoso”, ele cora respirando fundo enquanto eu me inclino para mais perto, “Eu gosto de desenhar vestidos de alta costura.” É como se ele estivesse admitindo isso em voz alta pela primeira vez. “É bizarro! Comecei a fazer isso e eu estava tipo ‘o que está acontecendo?’ De repente, tive tipo um caderno cheio de vestidos. Gosto do tipo de arte nisso, é uma especie de figurino “, divulga Robert. Então podemos esperar para vê-lo apresentando seus projetos em Paris na semana de moda no futuro? ” Isso seria a coisa mais aleatória de sempre mas eu realmente quero fazer isso. Eu não sei, porém, poderia ser extremamente embaraçoso.”

Robert é alguém que se destaca nas artes, seja atuando, na música (ele toca piano e uma guitarra, bem como escrevendo e cantando suas próprias músicas) ou mesmo desenhando. Muito menos emocionante para o ator, no entanto, é o exercícios fisicos. “Eu acho que eu não entendo alguns exercicios, porque eu não vou para a academia. Sou literalmente o único ator em Los Angeles, que não tem tanquinho“, ele ri.“Embora terei que mudar isso. No meu próximo filme, eu tenho tipo umas três cenas íntimas, por isso estou literalmente pensando nessas para entrar em forma.” Pergunto-lhe se ele chegou ao LA Runyon Canyon, o lugar onde a metade de Hollywood continua caminhando cada fim de semana. “Não, eu não quero nunca mais ninguém me vendo fazer exercício”, diz ele espantado. “Mesmo que eu esteja fazendo isso, eu ainda acho que é tão ridículo e embaraçoso – Estou fazendo isso por necessidade, isso é tudo”

O que eu acho mais charmoso em Robert é que ele parece não ter consciência de quão “grande” ele está em Hollywood. Na verdade, ele tem uma rara capacidade de fazer você se sentir como se estivesse chutando e batendo papo com um de seus amigos, em vez de um dos mais assistidos e procurados atores de Hollywood. Enquanto ele lentamente faz as pazes com seus status de estrela, há uma ponto do território que ele ainda não consegue se familiarizar. “Eu sou muito anti-paparazzi, mas eu acho que você meio que se acostumar com coisa. Na verdade, eu só comecei a ficar melhor em me esconder”, ele ri. “Assim que você descobrir uma maneira de viver, onde as pessoas não o seguem, os níveis de estresse vão para baixo.”

Que Robert não está no aspecto fama de Hollywood – “isso não é realmente eu, então eu nunca realmente me sento ligado a ela” – Isso lhe permite ser mais criativo em suas escolhas de filmes. É uma mudança de carreira muito interessante que ele está fazendo “, diz Romain de Robert.” Em algum momento, você tem que ficar na sua zona de conforto e continuar fazendo filmes, ou você tem a coragem, sai e faz coisas interessantes como o filme de Cronenberg. ” E o ator parece igualmente feliz com a direção que sua carreira está indo.” É um trabalho incrível, especialmente se você não se deixe ficar louco, mas há um monte de trabalhos que fazem você ficar louco “, ele diz com franqueza.


É esta modéstia cativante e senso fora de improviso, de humor apimentado com charme britânico, bem como suas aspirações orientadas para atuação, que fazem Robert muito mais do que apenas a estrela teen. A partir de agora, ele está cronometrando-se como ator, modelo de perfume, músico e que você leu aqui primeiro, designer de alta costura. Com ou sem tanquinho, agora eu posso dizer com segurança, eu sou muito “Team Rob.”

SCANS VIA: RP LIFE Tradução: Irmandade Robsten 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: